Dicas

4 dicas para evitar autuação fiscal na sua empresa

Saiba como evitar autuações fiscais na sua empresa
Escrito por Eficiência Fiscal

A autuação fiscal é uma preocupação muito grande para os empresários brasileiros. A grande carga tributária e o complexo e burocrático sistema legal assustam os profissionais que não sabem como agir quando um inspetor bate na porta da sua empresa para entregar uma autuação fiscal.

Preparamos este artigo especialmente para você, que quer evitar a visita indesejada de um inspetor e garantir que as atividades da sua empresa estejam sempre de acordo com a legislação tributária. Confira quatro dicas de ouro para evitar uma autuação fiscal e garantir o crescimento saudável do seu negócio!

1. Busque a assessoria de um contador qualificado

O contador é o profissional que vai evitar a visita de um fiscal na sua empresa. Ele é responsável por orientar as equipes e assessorar os profissionais para que as práticas de gestão sejam tomadas de acordo com o que dita a legislação.

Para que o trabalho do contador seja bem-feito, as equipes devem trabalhar com ele, já que é necessário levar em consideração as orientações desses profissionais, que são os que têm melhores condições de evitar qualquer prejuízo fiscal para o seu negócio e orientar os colaboradores a respeito das melhores práticas a serem adotadas.

2. Esteja atento às boas práticas de gestão fiscal do seu negócio

É por meio de boas práticas de gestão que um negócio consegue crescer sem dores de cabeça. Um empreendedor que segue a legislação e adota as melhores práticas de gestão, evita preocupações desnecessárias, já que se mantém longe de problemas com Receita Federal e Ministério do Trabalho.

Por isso, além do apoio de um contador, é importante criar uma cultura interna de boas práticas que atendam as exigências da legislação. Sempre que você tiver dificuldades é possível recorrer ao contador, que certamente terá experiência e conhecimento para lhe ajudar a escolher o melhor caminho a seguir.

Além disso, empresas que se preocupam com sua regularidade fiscal investem em sistemas específicos de controle fiscal e tributário, integrados à gestão e aos diversos departamentos e colaboradores envolvidos nos processos.

3. Realize auditorias internas periódicas

Auditorias internas podem, e devem, ser realizadas periodicamente. Também chamadas de auditorias preventivas, elas têm a função de avaliar as áreas contábil, fiscal e trabalhista, de forma a garantir a qualidade dos serviços prestados ou identificar precocemente posturas que podem ser prejudiciais, ou que venham a ser prejudiciais ao negócio.

Muitas organizações de grande porte já adotam auditorias internas de forma preventiva, inclusive como forma de revisar o departamento fiscal e buscar soluções para minimizar a excessiva carga tributária que lhes é imposta. Também é possível evitar multas e passivos prejudiciais ao crescimento da empresa.

4. Mantenha a equipe atualizada

Não basta ter um bom contador que conheça a legislação. Uma equipe atualizada e engajada é essencial para que os processos façam sentido e a logística interna funcione adequadamente.

Portanto, invista na atualização de toda sua equipe e garanta que todos tenham o conhecimento necessário para evitar autuações fiscais, multas e passivos desnecessários para o seu negócio.

Uma autuação fiscal pode dificultar o crescimento de um negócio, e em alguns casos, pode até significar o encerramento das atividades. Invista no seu empreendimento e esteja assessorado pelos melhores profissionais.

Este artigo foi útil? Então, confira mais um de nossos posts e descubra como parcelar débitos no Simples Nacional!

Sobre o autor

Eficiência Fiscal

Somos uma empresa de outsourcing em gestão tributária PIS, COFINS e ICMS com foco em 3 operações, nas operações de compra, manutenção de itens e venda de mercadorias. Em resumo, possibilitamos que as empresas de nossos clientes possam se dedicar totalmente à suas áreas de especialidade, ou seja, em seu core business e contar com o nosso conhecimento qualificado em gestão tributária para obtenção de resultados cada vez melhores, a um custo muito inferior daquele que seria necessário para manter um departamento desses dentro da empresa ou contratação de consultores externos. Através de uma substancial base de regras fiscais e uma inovadora tecnologia em inteligência artificial, nós buscamos resolver o problema da falta de conhecimento qualificado para lidar com toda essa complexidade da nossa legislação tributária, que muitas vezes é potencializada pelo elevado volume de itens em transações com incidências tributárias, seja transações de compra ou de venda.

Deixar comentário.